Skip to content

Aos trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Aracaju

maio 4, 2010

Passamos há pouco pelo dia primeiro de Maio, internacionalmente comemorado por milhões de trabalhadores(as). E mais do que uma data festiva, o 1º de Maio será um dia de luta por direitos. Onde os trabalhadores vão às ruas para mostrar seus descontentamentos diante aos direitos lesados cotidianamente por patrões(õas), governos, donos(as) de lojas e estabelecimentos comerciais.

Dezenas de trabalhadores do setor de comércio e serviços de Aracaju, que estão em postos de combustíveis, farmácias, lojas de roupas, cosméticos, supermercados, clínicas, shopping, serviços eletrônicos, e diversos outros estabelecimentos comerciais. Vivem cotidianamente a retirada de direitos, como o não pagamento de horas extras, demissões em caso de gravidez, baixíssimos salários e constantes “ameaças” de desemprego. E apesar de termos avançados na conquista “formal” de alguns direitos, ainda temos muito a conquistar. Como:

  • Redução da jornada de trabalho para 40h sem redução de salários. Para combater o desemprego, e trabalhar menos para que mais pessoas trabalhem!
  • Pagamentos de vale refeição, pagamento de domingos, feriados e adicional noturno.
  • Dispensa aos comerciários estudantes no horário habitual de trabalho, para que não faltem às aulas.
  • Contra a “criminosa regulamentação” do trabalho de comerciários aos domingos e feriados.
  • Pelo direito de ser mãe e trabalhadora! Pela efetivação do auxílio creche, licença maternidade de 6 meses, e garantia de contrato de trabalho e estabilidade no emprego no período pós-licença.
  • Pagamento de horas extras diárias com 50% de acréscimo nas duas primeiras horas e com 100% para as horas subseqüentes. Intervalo para almoço e jantar de no mínimo 1h.
  • Carteira de trabalho assinada pelo empregador(a), aos funcionários temporários que estão em condição de experiência e/ou contratados para trabalharem no final de ano.

É por esta e outras conquistas, que o PSOL (Partido do Socialismo e Liberdade) de Sergipe, convida todas e todos os trabalhadores a participar do debate sobre precarização do trabalho e do trabalhador que acontecerá na próxima sexta-feira às 19hs no SINDIPETRO, Rua Siriri, 629, Centro, próximo ao Corpo de Bombeiro.

Só a união e ousadia dos trabalhadores poderão nos dar uma vida melhor, junte-se a nós nesta luta.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: